Destaques

 


Peregrinação
Hino do Acólito
Logotipos do SNA
Peregrinação a Roma
Patrono dos Acólitos Portugueses

Oração

Consagração a Nossa Senhora

Terço PNA 2013
Terço PNA 2012
Terço PNA 2011
Terço PNA 2010
Terço PNA 2009
Terço PNA 2008
Terço PNA 2007

 

 

E-mail

acolitos@liturgia.pt

Terço - Mistérios Dolorosos

Peregrinação Nacional de Acólitos
1 de Maio de 2009 (sexta-feira)

Mistérios Dolorosos

1º Mistério:
A Agonia de Jesus


No Jardim das Oliveiras Jesus aceita, em agonia, a vontade do Pai
Tal como S. Paulo, saibam, os acólitos das nossas dioceses converter os seus corações e como Maria dizerem Sim à vontade de Deus nas suas vidas.


2º Mistério:
A flagelação de Jesus


Apesar de inocente, Jesus é flagelado como um condenado.
Que os acólitos portugueses olhem para o Beato Francisco Marto, seu patrono, como verdadeiro testemunho de aceitação de todos os sacrifícios e com ele sejam capazes de ultrapassar todos os desafios que lhes sejam colocados.


3º Mistério:
A coroação de espinhos


Como forma de chacota da Sua Realeza, Jesus é coroado com espinhos.
S. Paulo, ao dizer: “Completo na minha carne o que falta à Paixão de Cristo”, mostra-nos o caminho para nos configurarmos com Cristo na Sua Paixão. Que os Jovens se deixem desafiar por Cristo para viverem as suas vidas em especial consagração a Cristo Rei.


4º Mistério:
Jesus carrega com a Cruz


Jesus percorre as ruas de Jerusalém com a Cruz a caminho do Calvário.
È importante que todos os acólitos se sintam também impulsionados a percorrer as ruas das suas terras anunciando a entrega amorosa de Cristo pela humanidade. Seja S. Paulo o seu auxílio para o anuncio do Reino.


5º Mistério:
Crucificação e Morte de Jesus


Cristo abre os braços e Morre sobre o Madeiro da Cruz.
A morte de Jesus leva-nos à contemplação, do seu lado trespassado sai sangue e água, prefigurando o baptismo e a eucaristia. Com o Beato Francisco, que contemplava a Cristo sacramentado, saibam todos os acólitos das nossas dioceses olhar para a Cruz como caminho na vida e contemplarem a Jesus no Sacramento do Altar, que em cada domingo servem.


3 Avé Marias:

Rezemos estas 3 Avé Marias pelo Santo Padre, para que por intercessão e auxílio de Nossa Senhora, Maria Santíssima, seja sempre fiel ao seu múnus de Pastor da Santa Igreja.

Contactos | Liturgia | acolitos@liturgia.pt